Havana, uma volta ao passado!

Se você é do tipo que ama viagens mais culturais, cheias de história, Havana é o destino perfeito! Estar no centro de Havana é voltar no tempo. Andar pelas ruas da capital de Cuba é se sentir em um museu a céu aberto. São casas, carros, hotéis e restaurantes tão antigos que, facilmente, você vai achar que está nos anos 50. E um conselho que eu deixo aqui: “Vá Logo!! Vá o quanto antes!!” pois com a retomada de relações entre Estados Unidos, o país está cada vez mais receptivo às mudanças e aos investimentos internacionais.

Embora seja muito mais fácil visitar Cuba hoje do que era há uns anos atras, o turista que vai à ilha ainda precisa se preparar para enfrentar uma série de limitações. É quase impossível usar cartão de crédito para fazer pagamentos. Só é permitido fazer câmbio em determinadas moedas (se você está se perguntando qual é a melhor moeda para levar para Cuba, meu conselho é: leve euros ou dólar canadense, já que dólares americanos são taxados em 10% no câmbio). Troque o seu dinheiro na casa de cambio do aeroporto de Havana, é mais fácil e mais seguro, o valor será sempre o mesmo. 

Alugar carro, para viajar é um teste de paciência e sorte, mas vou contar um pouco da nossa experiencia: ficamos hospedados em Havana, 6 dias – 3 dias no inicio e 3 dias no final, e isso “facilitou” o processo da locação… Pois tínhamos “tempo” para ir a diversas locadoras (todas praticam o mesmo preço, porem fomos atras de disponibilidade de automóvel), quando o carro está disponível pelo período que você precisa, você deixa um sinal e volta no outro dia para saber se o carro esta disponível mesmo (sim, voce não leu errado!). Se estiver, eles te dão, porem não da pra escolher o modelo, é o que tiver. O nosso aparentemente estava “razoável“, porem, quando pegamos estrada percebemos que estava com pouquissimo freio!! Passamos bastante medo!! Sem dizer que foi um dos países, onde a diária era mais alta. Mas, como não queríamos ir de avião (na semana que estávamos lá, caiu um avião e ficamos bem assustados), e também não cogitamos ônibus, ate pensamos em ir de táxi, porem a viagem era bem longa e pensamos que ficaríamos sem privacidade e chegando em Cayo Guillermo ficaríamos a pé. Ah, outra coisa importante é baixar algum aplicativo que disponibilize mapas offline (nos baixamos o HERE We go) que nos ajudou bastante.

Outra coisa legal de falar é o aluguel dos carros antigos (fotos acima), custam em média 50 CUC (50 Euros) a hora, e eles fazem um tour nos principais pontos turísticos de Havana. Para o tour, escolhemos um conversível vermelho impecável. Também andamos com um rosa lindo, verde e azul turquesa mas como corrida de táxi, exemplo de preço: Havana Vieja à Vedado custa, em media, 15 a 12 Cucs a corrida (vale a pena negociar! Eles não se ofendem!rs).

Para que perguntou, nos hospedamos no Mercure Sevilla Havana, para os padrões de Cuba (serviço, staff, cafe da manha, quartos, amenidades, localização) excelentes. Sem falar do restaurante do rooftop do hotel, divino (tem post aqui).

Internet!!! Sim, estamos muito acostumados com a vida online (…no trabalho, em casa, no carro, no chuveiro….qualquer duvida: 1 clique no Google e duvida sanada ). Esqueça isso em Cuba! Na ilha tem internet, porém ela é restrita, limitada, controlada e, as vezes, cara. A ETECSA á a empresa estatal que controla a internet.

Como funciona as Tarjeta de Navegación”: existe cartão de 1 hora e de 5 horas. Por exemplo: 1 hora de conexão sai (normalmente) por 2 CUC, 5 horas por 10 CUC. Alguns hotéis em Havana vendem para os hospedes cartão de 1 hora por 1 CUC, com um limite de cartões por dia para cada pessoa. Neste cartão vem um número de usuário e uma senha. Raspe o campo da senha, de preferência com cuidado. Depois disso vai precisar encontrar pontos de wifi, geralmente no lobby do hotel (Pasmem!! Nos quartos você não acessa a internet), praças, parques. Se ficar em dúvida, é só ficar de olho no comportamento das pessoas. Se encontrar muita gente com a cabeça baixa, olhando pra tela do seu celular, pode ter certeza que ali tem um ponto de WiFi! É Muito estranho como somos reféns da internet, nos primeiros dias, checava meu celular a todo minuto…depois, é um alivio!! Detox de internet faz bem, eu recomendo!!!

Dicas espertas (que eu gostaria de saber antes de viajar):

* Faça reserva com antecedência: dos hotéis (já que não dá pra contar com a internet de Cuba e sites como booking.com não abre lá) e dos restaurantes, no primeiro dia de viagem. 

*Como não dá pra contar com a internet, a minha operadora e a do meu marido é VIVO, o que nos salvou quando precisávamos fazer ligações locais. Antes de viajar, verifique os planos com sua operadora de celular, caso haja alguma emergência! 

*Não esqueça da vacina de febre amarela 

*Se o sua companhia aérea for Copa Airlines, você não terá dificuldades em fazer o visto cubano. Fizemos no balcão do check in. 

*Seguro saúde é imprescindível (eu fiz em Euro e bem completo), nunca se sabe, né? 

*Não esqueça o guarda-chuva. Pegamos dias de chuva e não achávamos pra comprar!!

*Não se encontra produtos básicos de higiene nos mercados (então, meu conselho: leve desodorante, shampoo, repelente, protetor solar, pasta de dente, dependendo do estilo da viagem, até papel higiênico…). 

*Lenços umedecidos são ótimos para qualquer imprevisto!! 

*Apesar da simplicidade do país, Cuba é uma viagem cara. Por isso, se organize antes de ir. 

*Cuba é muito segura. Não tivemos nenhum problemas nos 15 dias que estivemos lá. 

*Não se esqueça de carregar umas moedas para gorjetas. Os cubanos são solícitos, educados, simpáticos e adoram gorjetas!! 

Veja os posts anteriores: falei dos nossos restaurantes restaurantes aqui ,  aqui de Havana, aqui e aqui das praias mais lindas do Caribe.

Mas, apesar de todos esses poréns… Visitar Cuba é uma chance única de conhecer um país que parou no tempo, onde não há consumismo,  megacidades, poluição ou ate mesmo uma população viciada e dependente de internet. Daqui a poucos anos, é bem provável que Cuba seja mais uma ilha do Caribe, cheia de turistas, resorts all inclusives e mega shoppings.

Bom é isso, espero que tenham gostado e curtido essa serie de posts de Cuba, e se esse post foi útil pra você, deixe um comentário! 😉

Bacione,

Paty.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s