Punta del Este no inverno!!

paty-lanfranchi-punta-uy-13

Todo mundo conhece o agito de Punta no verão. Mas, no inverno a cidade fica mais calma e ótima pra curtir o que a península tem de melhor: belas paisagens, animais diferentes, por do sol de tirar o folego, gastronomia de dar água na boca (carnes, peixes, frutos do mar e o, melhor doce de leite da vida) esses são apenas alguns dos atrativas que Punta tem a oferecer.

paty-lanfranchi-punta-uy-2

Ficamos 4 dias na cidade e depois seguimos pra Montevideo. Foi ótimo pois pudemos curtir tudo e repetir os programas preferidos. ;-)

Pegamos dias com a temperatura baixa, mas o céu estava azul e o sol ajudou a esquentar. Como disse aqui, nessa época do ano venta muiiito no Uruguay, impossível sair sem um casaco.

paty-lanfranchi-punta-uy

Tanto em Montevideo, quanto em Punta fizemos vááários programas gastronômicos. Sou bem regrada no meu dia a dia, mas quando viajo experimento tudo, adoro comer e quando estou de férias me permito algumas “extravagancias” (Quem nunca?!).

paty-lanfranchi-punta-uy-3

Começando pelos restaurantes do Hotel Conrad, fomos nos Las Brisas (foto acima) e no OVO (foto abaixo) -restaurante japonês super high tech e baladinha. Tanto um quanto o outro, a comida não foi nada de mais. O ambiente é otimo, o atendimento foi perfeito, mas a comida deixou a desejar. Li em muitos blogs sobre o OVO, acho que minha expectativa era alta, por isso fiquei um tanto decepcionada. Mas, vale a pena conhecer!

paty-lanfranchi-punta-uy-11

Agora um restaurante que superou minhas expetativas foi o Virazón (foto abaixo). Uma explosão de sabores e cores. Eu pedi merluza negra e o Fi pediu atum. Sem palavras pra descrever. Eu super recomendo!!!

paty-lanfranchi-punta-uy-3paty-lanfranchi-punta-uy-3paty-lanfranchi-punta-uy-6

Outro restaurante DE-LI-CI-O-SO é o El Secreto Restaurante (foto abaixo), recomendo para o jantar. Ambiente e comida sensacionais. Comi um nhoque gratinado com funghi e o Fi um carneiro. Ai, ai…já posso voltar?! kkk.

paty-lanfranchi-punta-uy-8

O Boca Chica também é uma ótima pedida para o almoço. Comi uma saladinha caprese e um peixinnho delicia. De sobremesa um delicioso sorvete de doce de leite!!!

Por falar em doces, fomos na famosa Les Delices que fica no centrinho de Punta. Meu Deus o que é aquilo??!! Um paraíso para as chocólatras e formigas como eu!!! Sabe aqueles docinhos lindos?! Tenho um pouco de preconceito com docinhos muito confeitados, pois não são muito saborosos- mas os da Les Delices alem de lindos são muito gostosos. Ate o Fi que não é de doce, se esbaldou.

Les Delices Punta del Este 1 les-delices

Por ser inverno, muitos restaurantes e bares que queríamos ir estavam fechados. Por isso, queremos voltar no verão pra conhecer o agito.

Como tinha poucos turistas, conseguimos tirar foto no Monumento ao Afogado tranquilamente, sem ter que ficar disputando uma “beradinha” com outras pessoas.

paty-lanfranchi-punta-uy-14

Fomos na Casa Pueblo (post aqui) e assistimos a cerimonia do Sol. Conhecemos um pouquinho da historia e do Museu de Carlos Vilaró. Aquele lugar e a natureza que toma conta dalí faz a gente refletir e só agradecer a Deus por tudo. Você vive um momento que vai guardar pra sempre no coração e nas melhores lembranças….

paty-lanfranchi-casa-pueblo--uy-1

O Porto com os gigantes leões marinhos, aquele cheirinho de peixe…kkk…mas, vale a pena o passeio.

A Igreja da Candelária e o Farol são paradas obrigatórias também.

paty-lanfranchi-punta-uy-12

Outro lugar que é legal conhecer são os bairros San Rafael e Beverly Hills. Dentro do bairro de Beverly Hills voce encontra o espaçoso Museu Rali, com obras  de Botero e Dalí.

Se você não abre mão de umas comprinhas, a Calle 20 e a Av. Gorlero vão te agradar. Ali você vai encontrar: Fendi, Valentino, Tommy Hilfiger, Doma, alem de multimarcas que vende Chloe, Pucci, Seven entre outras…

Nós ficamos hospedados no Sisai Hotel Boutique e ficamos super satisfeitos!! Eu super recomendo!!

Já sabem, qualquer duvida, sugestão ou elogio…kkk. Pode deixar um recadinhos nos comentários ou, se preferir, manda email pra mim meninadosbotoes@gmail.com. Respondo TO-DOS!!! ;-)

Ótimo finde pra gente!!

Bacione,

Paty.

Casa Pueblo e a Cerimonia do Sol!!

paty-lanfranchi-casa-pueblo--uy-1

Casapueblo é a criação do pintor e escultor uruguaio Carlos Páez Vilaró. Sua construção durou mais de 36 anos e foi feita pelo escultor com as suas próprias mãos. É universalmente chamada “escultura para habitar“. O local é atelier, museu, loja, hotel e café. As paredes brancas sem linhas retas na encosta de um morro e que quase tocam o mar, compõem o desenho da Casapueblo, uma mistura de Santorini e com forte influencias de Gaudi.

paty-lanfranchi-casa-pueblo--uy-2paty-lanfranchi-casa-pueblo--uy-3paty-lanfranchi-casa-pueblo--uy-4paty-lanfranchi-casapueblo-uy-12paty-lanfranchi-casa-pueblo--uy-5 DSC01923 DSC01931 DSC01933

Visitamos o museu (fotos abaixo) e logo fomos para a varanda,  ficamos ali apreciando a vista que é de se emocionar de tão linda. Quando o sol começa a se pôr.. inicia o poema da Cerimonia do Sol, clica aqui, de Vilaró.

paty-lanfranchi-casapueblo-uy-9paty-lanfranchi-casapueblo-uy-10 DSC01950

Ao final do poema e do pôr do sol, todos aplaudem e alguns, como eu, se emocionam (Precisa falar?!! LÓ-GI-CO que eu chorei!kkk). Difícil segurar a emoção com a beleza deste espetáculo.

paty-lanfranchi-casa-pueblo--uy-7 DSC01960

O texto que Carlos Vilaró recita:

“Hola Sol …! Otra vez sin anunciarte llegas a visitarnos. Otra vez en tu larga caminata desde el comienzo de la vida.Hola Sol…! Con tu panza cargada de oro hirviendo para repartirlo generoso por villas y caseríos, capillas campesinas, valles, bosques, ríos o pueblitos olvidados.Hola Sol…! Nadie ignora que perteneces a todos, pero que prefieres dar tu calor a los más necesitados, los que precisan de tu luz para iluminar sus casitas de chapa, los que reciben de tí la energía para afrontar el trabajo, los que piden a Dios que nunca les faltes, para enriquecer sus plantíos, y lograr sus cosechas. Es que vos, Sol, sos el pan dorado de la mesa de los pobres. Desde mis terrazas te veo llegar cada tarde como un aro de fuego rodando a través de los años, puntual, infaltable, animando mi filosofía desde el día que soñé con levantar Casapueblo y puse entre las rocas mi primer ladrillo.Recuerdo que era un día inflamado de tormenta, el mar había sustituido el azul por un color grisáceo empavonado, en el horizonte un velero escorado afinaba el rumbo para saltear la tempestad, el cielo se llenaba de graznidos de cuervos en huida, la sierra se peinaba con la ventolera alborotando a la comadreja y al conejo.Pero de golpe como un anuncio sobrenatural el cielo se perforó y apareciste vos. Eras un sol nítido y redondo, perfecto y delineado, puesto sobre el escenario de mi iniciación con la fuerza sagrada de un vitreaux de iglesia. Desde ese instante sentí que Dios habitaba en ti, que en tu fragua derretía la fe y que por medio de tus rayos la transmitía por todos los sitios donde transitabas. Los mismos brazos de oro que al desperezarte iluminan el cielo, al estirarse a los costados entibian las sierras, o apuntando hacia abajo laminan el mar.Hola Sol…! Cómo me gustaría haber compartido tu largo trayecto regalando luz, porque a tu paso acariciaste la vida de mil pueblos, compartiste sus alegrías y tristezas, conociste la guerra y la paz, impulsaste la oración y el trabajo, acompañaste la libertad e hiciste menos dura la oscuridad de los presidios.A tu paso sol, se adormecen los lagartos, despiertan los girasoles y los gallos cacarean. Se relamen los gatos vagabundos, los perros guitarrean, y el topo se encandila al salir de la cueva. A tu paso sol, hay sudor en la frente del obrero y en los cuerpos de las mujeres cobrizas que alcanzan el cántaro de la favela. Con tus latidos conmueves el mar, das música a la siembra, la usina y el mercado.A tu paso corrieron en estampida búfalos y antílopes, desperezó el león, se asombró la jirafa, se deslizó la serpiente y voló la mariposa. A tu paso cantó la calandria, despegó el aguilucho, despertó el murciélago y emigró el albatros.Hola Sol…! Gracias por volver a animar mi vida de artista. Porque hiciste menos sola mi soledad. Es que me he acostumbrado a tu compañía y si no te tengo, te busco por donde quiera que estés. Por eso te reencontré en la Polinesia, cuando te coronaron rey de los archipiélagos de nácar y los arrecifes dentellados de coral, o también en Africa, cuando dabas impulso a sus revoluciones libertarias y te reflejabas en el espejo de sus escudos tribales para inyectarles coraje. Te estoy mirando y veo que no has cambiado, que sos el mismo sol que reverenciaron los aztecas, el mismo de mi peregrinaje pintando por América, el que envolvió la Amazonia misteriosa y secreta, el que me alumbró los caminos al Machupichu sagrado del Perú, el de los valles patagónicos o los territorios del Sioux o del comanche. El mismo sol que me llevó a Borneo, Sumatra, Bali, las islas musicales o los quemantes arenales del Sahara.A diferencia del relámpago que apenas proyecta en la noche latigazos de luz, desde tu reinado planetario, tus destellos continúan activos, permanentes.Alguna vez la travesura de las nubes oculta tu esplendor, pero cuando ello ocurre, sabemos que estás ahí, jugando a las escondidas.Otras veces, en cambio, te vemos sonreír cuando las golondrinas o las gaviotas te usan de papel para escribir las frases de su vuelo.Gracias Sol, por invadir la intimidad de mi atardecer y zambullirte en mis aguas.Ahora serás la luz de los peces y su secreto universo submarino. También de los fantasmas que habitan en el vientre de los barcos hundidos en trágicos naufragios.Gracias Sol…! Por regalarnos esta ceremonia amarilla. Gracias por dejar mis paredes blancas impregnadas de tu fosforescencia.Entre ventoleras y borrascas, cruzando ciclones y tempestades, lluvias o tornados, pudiste llegar hasta aquí para irte silenciosamente frente a nuestros ojos.Porque tu misión es partir a iluminar otros sitios. Labradores, estibadores, pescadores te esperan en otras regiones donde la noche desaparecerá con tu llegada.Y como respondiendo a un timbre mágico despertarás las ciudades, irás junto a los niños a la escuela, pondrás en vuelo la felicidad de los pájaros, llamarás a misa.A tu llegada, se animará el andamio con sus obreros, cantarán los pregoneros en las ferias, la orilla del río se llenará de lavanderas y entrará la alegría por la banderola de los hospitales.Chau Sol…! Cuando en un instante te vayas del todo, morirá la tarde. La nostalgia se apoderará de mí y la oscuridad entrará en Casapueblo. La oscuridad, con su apetito insaciable penetrando por debajo de mis puertas, a través de las ventanas o por cuanta rendija encuentre para filtrarse en mi atelier, abriéndole cancha a las mariposas nocturnas. Chau Sol…! Te quiero mucho…Cuando era niño quería alcanzarte con mi barrilete. Ahora que soy viejo, sólo me resigno a saludarte mientras la tarde bosteza por tu boca de mimbre.Chau Sol…! Gracias por provocarnos una lágrima, al pensar que iluminaste también la vida de nuestros abuelos, de nuestros padres y la de todos los seres queridos que ya no están junto a nosotros, pero que te siguen disfrutando desde otra altura.Adiós Sol…! Mañana te espero otra vez. Casapueblo es tu casa, por eso todos la llaman la casa del sol. El sol de mi vida de artista. El sol de mi soledad. Es que me siento millonario en soles, que guardo en la alcancía del horizonte”.

paty-lanfranchi-casapueblo-instagrampaty-lanfranchi-casapueblo-uy-11

Quero muito voltar na Casa Pueblo, para ficar hospedada no Hotel!!!!!! Um lugar que me apaixonei desde a primeira foto que vi… A historia de Vilaró e a energia da casa são indescritíveis… Eu recomendo muito!!! ;-)

Endereço: Punta Ballena, 20003. Tel: (00598) 42 – 578041 e (00598) 42 – 578982. Aberto diariamente de 9h até o pôr do sol. O ingresso custa $200 pesos uruguaios.

Bacione.

Paty.

Fotos tiradas pelo Fi e por mim. ;-)

Musica de quinta!!

Tiago-Iorc-2-A-Gambiarra

Estou super em falta com vocês, ne?? Sorry!!! Muita gente tem me cobrado a “musica de quinta“, por isso não poderia deixar de contar o meu mais novo vicio. To apaixonada por este som.

Quem aí conhece Tiago Iorc?! Quem aí tá viciada como eu??!! kkk. Gente, tô alucinada nas musicas dele, em especial a It´s a fluke. Clica aqui e se deixe envolver também.

Ótima quinta pra gente!!

Bacione,

Paty.

 

Eu uso assim no Uruguay

paty-lanfranchi-montevideo-uyEsse foi um look que usei no Uruguay. Confortável e ótimo pra bater perna no friozinho. Só jogar um casacão e uma pashimina e esta pronta pra um dia de turista!kkk.

Malha Le Lis Blanc/ Regata 284/ Calça Doka/ Bota Schutz/ Bolsa Gucci/ Brinco Priscila Vasconcellos

Aprovado? ;-)

Bacione,

Paty.

 

Dicas de Montevideo!

paty-lanfranchi-mvd-uy-9

A minha viagem começa bem antes de fazer as malas. Quem me conhece, sabe, adoro pesquisar em sites e blogs especializados em viagens. Quando chego no destino, já sei tudo: onde quero ir, o que quero comer, ou seja, chego me sentindo local…kkk. Mas, para minha decepção não achei nada muito interessantes sobre o meu destino da vez que foi Montevideo. Por isso, vou dar algumas dicas e falar de umas furadas que li em alguns blogs.

A primeira coisa, fomos no inverno e no Uruguay venta muiiiiito, o vento é muiiito gelado. Então, se a temperatura marcava 8° a sensação termina era bem inferior. Pra vocês terem uma ideia, desde a minha temporada de inverno europeu que eu não usava casaco de nylon e pluma. Viajei depois disso para lugares bem frios e não usei esse tipo de casaco, mas no Uruguay tive que usar porque o vento era de matar. Por isso, se forem no frio não deixem de levar casacos quentinhos! ;-)

6979664581_acbc385d20_b

Montevideo é uma capital pequena, dá pra fazer grande parte das coisas a pé. Mas, como o frio estava punk, fizemos muitas coisas de táxi também, que vale muito a pena por conta do preço.

Ficamos num Hotel ótimo e super bem localizado. O nome é do Hotel é Dazzler Montevideo. Eu recomendo!!

Como nossa viagem foi bem gastronômica, vou falar de alguns restaurantes que fomos e adoramos.

Francis- O mais conceituado e prestigiado restaurante da cidade. Faz jus a fama. Atendimento e comida impecáveis. Superou minhas expectativas. Como estávamos querendo variar um pouco o menu, overdose de carne, pedimos de entrada um ceviche, prato principal um risoto de cordeiro. Se eu fosse a Ana Maria Braga, não ia só passar debaixo da mesa, ficaria por lá, só pra não correr o risco de ter que dividir essa maravilha com ninguem….hahahah. Brincadeira!!!! Endereço: Luis de la Torre, 502, Montevideo.

paty-lanfranchi-montevideo-1paty-lanfranchi-mvd-uy-13

O Pasta & Pasta- foi uma excelente surpresa! Pois, não tínhamos indicação nenhuma dele. Saímos do hotel super tarde e como o hotel era em Punta Carretas, no meio de muitos restaurante e bares, resolvemos dar uma volta para ver o que tinha de melhor. Passamos em frente e vimos só uruguaios comendo. Ai resolvemos parar. Valeu muito a pena. Para quem gosta de massa, a de lá é sensacional. Super arsenal. Pedi um nhoque gratinado com shitake que estava de comer rezando. Endereço: Williman, 637. Punta Carretas. Montevideo.

El Palenque -pra quem é fã de carne, como nós, vale muito a pena!!! Comi um carneiro que estava SEN-SA-CI-O-NAL!!O Fi pediu picanha e amou também. Depois tem vários acompanhamentos que você pode pedir e experimentar. O mais legal é sentar no balcão e ver o preparo das carnes, sempre acompanhado de um bom vinho. Nós fomos no El Palenque que fica no Mercado del Puerto, que é o mais tradicional.

paty-lanfranchi-montevideo-2

Dentro do Mercado do Porto você encontra outros restaurantes muito bons (como o restaurante Roldos). Vale a pena a visita.

paty-lanfranchi-mvd-uy-11

La Passiva – conhecemos no dia que estávamos “turistando”, mortos de fome e já um pouco cansados, paramos pra comer lá. Pra quem é bom de garfo, vai amar, pois é muiiiita comida e é bem gostosa. Tem muitas filiais em toda a cidade, com certeza você vai tropeçar em vários restaurantes da rede. É o famoso BBB (Bom, bonito e barato).

Dakota Steak House e Bar- fica dentro do Dazzler, hotel que estávamos hospedados, e foi uma excelente escolha. Todos os dias estava lotado. Acho que é novo! Ambiente ótimo e comida deliciosa (foto abaixo). Amei!! Endereço: 21 de Setiembre 2752 y Luis de la Torre, Montevideo.

paty-lanfranchi-uy-4

Bodega Bouza – Como já disse aqui. Ambiente, comida e atendimento  excelentes! Tudo perfeito! Recomendo o programa completo (tour, degustação e almoço).

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-3

A maior furada de Montevideo, na minha opinião, é a Feira Tristan Narvaja (foto abaixo).  Lia em todos os blogs que era footing oficial das manhas de domingo, por isso acordamos e fomos direto pra lá. Meu Deus! O que era aquilo?!! Acho que o povo que recomenda, não conhece  ou não sabe o que é uma feirinha boa!!!kkkk. Não gostei e não recomendo. Feira de frutas e quinquilharias, mais parece um mercado de barganha.

paty-lanfranchi-mvd-uy-7

Outros lugares que tem que conhecer são a Ciudad Vieja (onde fica o mercado do porto), Catedral de Montevideo, Teatro Solís (foto abaixo), Puerta de la Cuidadela, Avenida 18 de Julio (principal rua de comercio de Montevideo), La Rambla de Montevideo (onde as pessoas correm e fazem exercícios).

paty-lanfranchi-mvd-uy-16paty-lanfranchi-montevideo-uy-5

Outra coisa que nos fizemos foi colocar um cadeado na fonte “Fuente de los Candados” (foto abaixo) fica na Rua 18 de Julio e depois comer um super churros no restaurante da frente!! Nunca comi melhor (#QuandoVoltarSóComoAlface!!!kkkkk).

paty-lanfranchi-mvd-uy-12

E por ultimo, o Shopping Punta Carretas, a construção é linda (um antigo presidio) e reúne as lojas mais legais (Zara, Gap, Daniel Cassin e La Opera), mas definitivamente Montevideo não é um local pra fazer compras.

paty-lanfranchi-mvd-uy-15

É isso, gente! Espero que tenham gostado!! O post ficou GIGANTE, mas tentei colocar as melhores dicas pra quem vai pra lá. Nos próximos vou falar de Punta del Este, que amei.

Qualquer duvida ou sugestão, só mandar email para meninadosbotoes@gmail.com ;-)

Bacione,

Paty.

Algumas fotos foram tiradas pelo celular, por isso a resolução não está tao boa. Fotos minhas e do Fi.

Bodega Bouza, a escolhida no Uruguay!

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-9O primeiro passo para visitar vinícolas é definir o meio de transporte. Nós preferimos alugar um carro, mas é possível contratar excursões ou táxis nos hotéis. Depois decida qual vinícola deseja visitar e marque as degustações com antecedência.

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy

No Aeroporto Internacional de Carrasco, é possível conseguir um mapa com endereço e contatos de todas as vinícolas (quase todas). Chamado Los Caminos del Vino, o folheto é distribuído gratuitamente no escritório de informações turísticas. Normalmente, as bodegas funcionam em horário comercial de segunda a sábado, sendo que as maiores abrem também aos domingos.

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-2

Para os amantes de vinhos, como nós, percorrer vinícolas tornou-se um hábito em viagens a países produtores de vinho. E o Uruguai é um deles.

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-7A tannat, uma cepa de origem francesa, tornou-se patrimônio nacional, com direito a pesquisas bancadas pelo governo. A província de Canelones concentra boa parte das bodegas, que estão a apenas alguns quilômetros de Montevideo (grande parte das vinicolas estão à 40 e 50 Km do centro de Montevideo).

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-4

O passeio às vinícolas uruguaias é agradável tanto no verão – que não é tão quente por conta da brisa incessante – quanto no inverno – que, mesmo com chuva, cai perfeitamente com uma taça de vinho e um pedaço de queijo. Nós escolhemos a Bodega Bouza para conhecer e não nos arrependemos.

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-11paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-5

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-6 A Bodega tem um ambiente bastante bucólico. A sede tem um sofisticado restaurante, que abriga uma bela coleção de carros antigos do proprietário (com exemplares de 1919- um ótimo programa para os apaixonados por carros!).

mont9

A degustação de quatro taças pode ser de vinhos padrão (750 pesos uruguaios) ou de rótulos mais sofisticados (1200 pesos uruguaios). O meu preferido foi o vinho Tannat… ;-)

DSC02231 paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-12

A minha escolha foi baby beef bouza com redução de vinho tannat, não poderia ter escolhido melhor!!!

paty-lanfranchi-bodega-bouza-uy-13

Existem vários sites uruguaios dedicados à produção local de vinhos. Para mais informações, basta visitar as páginas Wines of Uruguay ou acessar a pagina da Bodega Bouza.

Bacione,

Paty.

Fonte: blog as viajantes e fotos do maridinho!! ;-)

 

Férias no Uruguay!!

paty-lanfranchi-no-uruguay

Vocês devem ter percebido que dei uma sumidinha, né? Tirei uns dias de férias com o maridão (♥). Fomos conhecer o Uruguay. Foi bem gostoso. Aproveitamos pra comer bem e descansar também.

Como decidimos o destino na ultima hora, dei uma pesquisa em alguns blogs e sites e achei pouca coisa interessante. Por isso, vou contar um pouco das duas cidades que conhecemos (Punta del Este e Montevideo) e do que mais gostamos de cada uma.

Logo mais subo o post!! ;-)

Bacione,

Paty